Revisão sistemática de literatura sobre a Psicopatologia Fenomenológica no Brasil

Clarissa Garcia Jaborandy de Mattos Dourado, Virginia Moreira e Anna Karynne da Silva Melo

Clarissa Garcia Jaborandy de Mattos Dourado, Virginia Moreira e Anna Karynne da Silva Melo

Revisão sistemática de literatura sobre a Psicopatologia Fenomenológica no Brasil

A psicopatologia fenomenológica teve seu início nos anos 1920, apresentando uma nova maneira de compreender os transtornos psicopatológicos. Este artigo teve como objetivo analisar o panorama da psicopatologia fenomenológica nos periódicos brasileiros. Foi realizada uma revisão sistemática de literatura qualitativa nas bases de dados SciELO, PePSIC, BVS e Portal de Periódicos CAPES. Foram encontrados 347 artigos, dos quais 59 foram analisados. Destes, 45 foram artigos teóricos e 14 foram estudos sobre a prática clínica. Foi possível constatar que, em um intervalo de 12 anos, a quantidade de publicações nessa área de conhecimento em periódicos brasileiros ainda é pequena, principalmente no que concerne às publicações de pesquisas sobre a prática clínica, representando uma lacuna na área. A psicopatologia fenomenológica se apresenta como um campo com muitas alternativas, mas, também, com muitos desafios e intenso trabalho a ser realizado.

Palavras-chave: Psicopatologia Fenomenológica; Revisão Sistemática da Literatura; Pesquisas em Psicopatologia Fenomenológica.

Fonte: Psicopatologia Fenomenológica Contemporânea, 2016; 5(2):111-144.

[PDF]