Dialética da psicopatia

Gustavo Bonini Castellana

Gustavo Bonini Castellana

Dialética da psicopatia

O estudo dos transtornos da personalidade na psiquiatria contemporânea tem demonstrado amplas limitações de compreensibilidade quando restrito à perspectiva sintomatológica-criteriológica. Neste artigo pretende-se ampliar as possibilidades de compreensão dos fenômenos apreendidos nos casos de transtorno da personalidade a partir da análise do encontro com dois pacientes. Para tal, se faz necessária primeiramente uma delimitação do conceito de anormalidade no estudo das personalidades e, para esta, utilizaremos as noções de normal e patológico propostas por Canguilhem. Em seguida, espera-se, já dentro do campo das personalidades patológicas, ampliar as possibilidades de compreensão da experiência vivida por indivíduos intitulados psicopatas, referenciando-nos pela tipologia dialética de Blankenburg. Dessa forma, este artigo objetiva expandir a ainda tímida contribuição da perspectiva fenomenológica no campo de estudos psicopatológicos dos transtornos da personalidade.

Palavras-chave: Psicopatia; Transtorno de Personalidade; Fenomenologia; Dialética.

Fonte: Psicopatologia Fenomenológica Contemporânea, 2012, 1 (1), 106-123.

[PDF]