Da filosofia à psicopatologia: interlocuções entre Merleau-Ponty e Arthur Tatossian

Juliana Lima de Araújo, Anna Karynne Melo e Virginia Moreira

Juliana Lima de Araújo, Anna Karynne Melo, Virginia Moreira

Da filosofia à psicopatologia: interlocuções entre Merleau-Ponty e Arthur Tatossian

Partindo das noções de percepção e ambiguidade, tomamos a fenomenologia de Merleau-Ponty para refletir sobre a relação entre homem e mundo na psicopatologia fenomenológica de Arthur Tatossian. Para esses autores, não devemos substituir o estudo do mundo ou da consciência pelo ser pensado, não separando o observador daquilo que está sendo observado, na medida em que buscamos o mundo vivido que se constrói em tal relação. Observamos que, assim como a fenomenologia ambígua de Merleau-Ponty intencionou romper a cisão entre as dimensões da objetividade e da subjetividade através da noção de Lebenswelt, Tatossian pensou ser indispensável o contato com o outro visando alcançar o Lebenswelt, o mundo vivido de cada um, compreendendo que as teorias construídas sobre as manifestações psicopatológicas não se dão a partir da experiência, mas na experiência. 

Palavras-chave: Merleau-Ponty. Fenomenologia. Psicopatologia fenomenológica. Arthur Tatossian. 

Da filosofia à psicopatologia: interlocuções entre Merleau-Ponty e Arthur Tatossian

Starting from the notions of perception and ambiguity, we take Merleau-Ponty’s phenomenology to reflect on the interrelation between man and world in the phenomenological psychopathology of Arthur Tatossian. For these authors, we should not replace the study of the world or consciousness with what is being thought, i.e., we should not separate the observer from what is being observed, as we seek the living world that is constructed in such an interrelation. As in the ambiguous phenomenology of Merleau-Ponty, who sought to disrupt the split between the dimensions of objectivity and subjectivity, through the notion of Lebenswelt, Tatossian thought that contacting each other is essential for us to achieve the Lebenswelt, each one’s lived world, realizing that the theories built on the psychopathological manifestations do not come about from the experience but in the experience. 

Keywords: Merleau-Ponty. Phenomenology. Psychopathology phenomenological. Arthur Tatossian. 

Fonte: Psicopatologia Fenomenológica Contemporânea, 2018;7(1):33-43.

[PDF]